sábado, 15 de agosto de 2015

O CORPO FALA E MENTE, NÃO MENTE!

Reféns ou Escravos do tempo? Ainda não tenho a resposta, mas vivemos isso em nosso dia a dia com uma força que esmaga a alma e destrói até os ossos. Parece até que nosso corpo não nos pertence mais!
Acordamos para trabalhar, trabalhamos para viver e vivemos porque assim tem que ser, e quando foi que se perdeu o espaço do sonhar com o futuro? No tempo, creio eu. Assim me vem de pronto a resposta.
Penso, e distante do impulso de questionar os desígnios de Deus, me questiono, por que foi que tantas possibilidades não me vieram durante a juventude, ou que seja, a maturidade mais tenra? 
Hoje a mente povoada de boas ideias, borbulhando de boas intenções, transbordante de desejos de fazer acontecer e mudar situações não tão aprazíveis, já não encontra no corpo a resposta para tantos anseios. E é então que nos vemos reféns, aprisionados na jaula corpórea decadente sobre a qual a vida foi implacável!
Em outros tempos, diríamos nós, eu jogaria tudo para o alto e enfrentaria os leões nas arenas da vida, sem medo de arriscar. Não movidos pela impetuosidade da juventude inconsequente, mas livre do medo da condenação a uma velhice dependente de tudo e de todos. Semeamos e estamos colhendo? Será?
Mas e se a vida não nos deu outra alternativa, senão a de seguir pelos trilhos, parando de quando em quando nas estações, apenas para tomar fôlego para continuar? E se o destino que nos foi dado como missão passava mesmo por essas tantas experiências, teríamos chegado onde chegamos em condições de não tão dolorosa submissão? 
Diriam alguns: "tens ainda o livre arbítrio". E eu responderia: "sim, tenho o livre arbítrio mas também tenho o medo, tenho a insegurança e um corpo que não responde mais às consequências de escolhas mais ousadas!".
Ah, quem me dera poder dizer: "que vá tudo para o inferno, que se danem todos que tentam refrear minhas nobres ideias, que desavergonhadamente usam minha experiência de vida e meus ombros como trampolim ou escada!".
Prudência substitui o sabor de experimentar o novo, explorar outros caminhos, desafiar os poderosos  sem medo das represálias às quais o corpo já sucumbe e treme só de pensar nos resultados da ousadia de querer desafiar o destino, hoje em mãos alheias. Alheias ao nosso olhar amoroso, alheias ao nosso desejo de ajudar, e principalmente,  alheias a nossa lealdade! Deus meu, como o poder cega tanto as pessoas!
Pois falando por mim, apenas por mim, eu digo que só desejo mesmo poder continuar a servir, mas servir sem ser humilhada, sem ser subjugada, sem ser atropelada pela arrogância, falta de reconhecimento e respeito! Por que nos temem tanto assim, se não lhes almejamos o status ou a posição de "privilégio", aliás, privilégio conquistado através desses nossos ombros que carregamos o fardo de erros alheios. 
Não creio que todos se sintam assim, como mentes ativas e corpos curvados mas, observando em meu entorno, percebo que não sou a única.
Hoje o que vejo é a hipocrisia na ribalta, ofuscada pelos holofotes da pseudo-fama e aplaudidos pelas vítimas de suas línguas ferinas que não lhes percebem os olhares de desdem a dizer silenciosamente: "idiota, assim que eu puder te puxo o tapete e serei eu o teu amo e senhor". Mentes doentes, inescrupulosas e falsas que se escondem atrás de sorrisos largos de onde escorre o fel e o veneno!
Pois que cada um carregue para junto de si aquilo que atrai com suas própria atitudes e, que sua cegueira lhes indique exatamente o caminho do erro que os levará de volta a um passado de obscuridade, onde não haverá mais a ribalta, não haverá mais o glamour mas, também não haverá mais o corpo jovem a sustentar suas mentes cheias de ideias, planos e desejos de reconhecimento. O tempo é implacável para todos nós, ou ainda existe alguém que duvida disso?
Agradeço ao meu Deus, não o Deus da servidão, da humilhação, da falácia, do discurso vazio e desprovido de moral, não ao Deus usado, propalado em redes sociais apenas para promover a imagem dos tiranos mascarados e travestidos de mocinhos que empunham espadas da "justiça", mas que quando ninguém está olhando, apontam essas espadas para as cabeças cujo único erro foi pensar e acreditar!
Para finalizar, embora eu saiba que ficou muito ainda por dizer, ouso me adonar das palavras do mestre:
A semeadura é voluntária, mas a colheita é obrigatória, no terreno das leis de Causa e Efeito.
Tenham todos um bom dia, e se por "acaso" eu não mais puder falar, que minhas atitudes sejam usadas para os que me queiram julgar por ser o que sou e como sou!!!!!!!!
Fátima Ayache​

Meu corpo que me perdoe, mas minha mente e meu coração ditaram as palavras enquanto meus dedos apenas tocavam as letras no teclado do velho e companheiro computador.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Cresce cada vez mais o números de pessoas interessadas em se transformar em mais um elo da  corrente pela vida na "CAMINHADA POR UMA VIDA SEM DROGAS"


























que em Itupeva conta com a  força do Prefeito Ricardo Bocalon.

A parceria entre a GRAND HOUSE e a Prefeitura Municipal de Itupeva deve render grandes frutos para a juventude e famílias de nossa cidade. A alarmante estatística que aponta que 26% dos jovens da cidade já tiveram contato direto com algum tipo de droga, provoca em nós a urgência na reflexão sobre formas de combatermos esse mal. Mais alarmante ainda, e saber que 76% dos jovens envolvidos com a criminalidade, são usuários de drogas!
parceria entre a GRAND HOUSE e a Prefeitura Municipal de Itupeva deve render grandes frutos para a juventude e famílias de nossa cidade. A alarmante estatística que aponta que 26% dos jovens da cidade já tiveram contato direto com algum tipo de droga, provoca em nós a urgência na reflexão sobre formas de combatermos esse mal. Mais alarmante ainda, e saber que 76% dos jovens envolvidos com a criminalidade, são usuários de drogas!

quinta-feira, 28 de maio de 2015

A Prefeitura de Itupeva valorizando a memória de Itupeva, pelo terceiro ano consecutivo, promove o Encontro com a História e Memória de Itupeva", quando reúne pessoas de famílias tradicionais para em um ambiente agradável, relembrar e resgatar lembranças dos primórdios dessa cidade. Todos os eventos são gravados, filmados e fotografados afim de formar um acervo dessas lembranças e posteriormente lançar um vídeo, onde cada convidado é o protagonista de experiências que dão forma ao que hoje podemos ver pelos 250Km² de território de Itupeva. Um povo sem memória é um povo sem bases para a construção de um futuro embasado!





quarta-feira, 31 de outubro de 2012





Coletânea de fotos de uma perfeita escolha!!!
 
 





 
A MELHOR DE TODAS!!!!!!!!!!!!
 

sexta-feira, 12 de outubro de 2012


Serra faz acordo com Malafaia: Na frente das câmeras de TV, Serra é bonzinho e Malafia ataca Haddad

Vocês meus queridos leitores, já devem ter lido neste blog milhares de vezes a frase "José Serra é covarde, ele não bate no adversário, manda bater". Mais uma notícia que comprova que estamos certo: Está no jornal O Estado de SP; "Tucano combina com pastor ficar fora de ataques a 'kitgay'

Segundo o jornal, a campanha do PSDB acertou com o pastor Silas Malafaia não ligar Serra aos ataques a Fernando Haddad, mas não impôs restrições às críticas feitas pelo pastor ao " kit gay"para evitar que a exploração sobre o assunto na campanha seja mal recebida por eleitores mais progressistas.

Malafaia foi consultado anteontem pela equipe tucana e deu aval para que Serra descole sua imagem. Ou seja, Malafaia vai continuar atacando Haddad, a mando de Serra, que, na frenta das cameras de TV, vai dizer que os comentários de Malafaia não fazem parte da pauta de sua campanha.

É bem a cara de José José, que nunca soube fazer campanha limpa, sem atques, sem agressões ao adversário Encontro com José Serra

Na semana passada, o pastor Silas Malafaia, teve um encontro com o candidato José Serra (PSDB) para alinhar a estratégia de campanha para o segundo turno em São Paulo... Dois dias depois, o pastor apareceu na imprensa, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo,afirmando que vai “arrebentar” com Haddad

Haddad, respondeu o ataque de maneira educada: "Ele (Serra) trouxe do Rio de Janeiro um pastor para me ofender", afirmou Haddad. "Nós teremos vários debates. Se ele quiser pautar o debate sobre tolerância e intolerância, eu estou disposto a conversar, agora tem que ser ele, não pode ser por preposto. Não posso responder ao submundo da política, eu tenho que responder a ele", defendeu-se o petista. "O Serra instrumentaliza as religiões.

Fez isso para atacar a Dilma (contra quem disputou as eleições presidenciais de 2010), e eu entendo que ele fará o mesmo para me atacar. A minha família está muito indignada em relação a esses ataques, com a atitude do Serra de instrumentalizar pastores para me atacar na honra. Mas é o estilo dele. Ele já foi derrotado em 2010 em função desse comportamento, entendia que ele tinha aprendido a lição, pelo jeito Serra não aprende nunca. É o velho Serra de sempre"
ELEITO  o novo prefeito de Itupeva, que traz consigo a esperança de 50% do eleitorado que lhe confiou o voto e o desejo de dias melhores. O povo respondeu positivamente às propostas de governo apresentadas por Ricardo Bocalon, ao depositar nas urnas a mais relevante diferença de votos jamais vista por essa cidade. Um grito, ha muito, entalado na garganta dos cidadãos e cidadãs!!!
"A ESPERANÇA FINALMENTE VENCEU O MEDO",  e apesar dos ataques constantes, da política coronelista praticada pelo PSD de Marcão Marchi e seus assessores, que usaram as paginas sociais para confrontos e acusações infundadas, foi o povo que decidiu o pleito, dando a Itupeva uma nova oportunidade de retomar o trilho da história e voltar a progredir.
Foram mais de 40 anos de um poder arcaico que julgava manter o povo no cabresto, esquecendo-se que, apesar de não proporcionarem a Itupeva uma chance de desenvolvimento igualitário, os tempos mudaram, e a mesma rede social usada para atacar, foi usada por parte da população para informar-se de fatos que antes permaneciam "seguros" entre quatro paredes dos interessados em usar o poder em favor de si mesmos.
Ao entrar nas redes sociais, os eleitores começaram a perceber o nível e tipo de política adotada pelo candidato do PSD, e também notaram a qualidade, transparência e respeito à população, com que o PT conduzia sua campanha. Fatal....o povo que não é bobo nem nada, fez a escolha por um futuro em total desapego ao passado que deixou Itupeva no estado em que se encontra hoje.
Durante todo o dia 7 de outubro, a PM teve muito trabalho, pois eram denuncias e mais denuncias contra os militantes do PT, que é claro, não davam em nada, porque a PM e o delegado da cidade logo perceberam a tentativa de deturpar o pleito e jogar areia nos olhos dos eleitores. Pois bem, essa prática não funcionou!
As mentiras divulgadas no jornal do PSD, logo desmentidas e julgadas improcedentes por um juiz, fizeram pensar, e o povo pensou e decidiu pela verdade.

ELEITO O NOVO PREFEITO DE ITUPEVA....A ESPERANÇA VENCEU MESMO O MEDO!
Não vai ser nada fácil reparar os estragos feitos por tantos anos de descaso, mas a mesma força que nos moveu no sentido da vitória, será usada para recolocar Itupeva no caminho do pregresso, justiça social, saúde e dignidade, educação e cultura, mas acima de tudo, no caminho da dignidade cidadã!
Foram eleitos seis vereadores que trabalharão lado a lado com Ricardo Bocalon e Osmar Tozi, seu vice.
EDICARLOS  -  GRANDÃO  -  ERI CAMPOS  -  TATIANA SALLES  -  MARCOS GALLO  -  ÂNGELO BOTAN comporão a nova bancada na Câmara Municipal de Itupeva pela coligação Itupeva merece mais.

Ricardo Bocalon se elege com 12.761 votos em Itupeva
49,72% dos votos, porque “Itupeva Merece Mais"
 
 *********************************************************************
(Opinião da autora e cidadã, Fátima Ayache)
Fica aqui meu protesto contra e reeleição do vereador Minhoca, pela mumificação da política com a reeleição do Salvador Philomeno e pela hipocrisia encarnada e reeleita de Ezequiel.

 

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

A GRANDE MENTIRA DO PSD EM ITUPEVA


27/09/2012 - 20h34m - Quinta-feira

Juiz obriga “Jornal Cidade de Itupeva” a publicar a verdade para a população

Hélio Lunardi

Na tarde desta quinta-feira, 27 de setembro, o Meritíssimo Juiz de Direito, dr. Leonardo Aigner Ribeiro – Juizo da 065ª Zona Eleitoral de Jundiaí - determinou que o “Jornal Cidade de Itupeva” publique a verdade sobre a pesquisa eleitoral, publicada pelo Jornal de Itupeva.

Em letras garrafais, o jornal publicou, em sua edição nº 10, que a pesquisa realizada pelo Instituto Solis, divulgada pelo Jornal de Itupeva, seria IRREGULAR e que havia sido publicada sem seguir os tramites legais. Eles ainda associaram o nome do jornalista Luiz Carlos Izzo como se fosse o responsável pela publicação e que a referida pesquisa seria impugnada. (veja a capa daquele jornal com a manchete mentirosa)

A matéria colocou em xeque a legitimidade da publicação da pesquisa, fato que levou a ser expedido o MANDADO DE INTIMAÇÃO da Justiça Eleitoral (processo nº 435-24.2012.6.26.0065).

O meritíssimo juiz determinou que o “Jornal Cidade de Itupeva” publique a verdade sobre a legitimidade da publicação da pesquisa em 72 horas, devendo ser observado no mínimo a mesma dimensão, formato e local da matéria no jornal.

Segundo o juiz, “A matéria jornalística do “Jornal Cidade de Itupeva” expôs de forma INCORRETA os termos da decisão judicial. Há termos dúbios e deu a impressão de que a impugnação foi procedente”.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Ricardo Bocalon dá um baile de conhecimento e plano de governo afinado com as prioridades da cidade. Resumindo tudo que precisa ser mudado, recuperado, sanado e construído, disse em alto e bom som, "vamos cuidar das pessoas", e isso define um projeto grandioso de lapidação do diamante bruto que é Itupeva. Meu candidato não precisou de traje de gala para fazer a plenária vibrar de emoção, em palmas e gritos entalados na garganta por décadas. O publico presente mostrou que o eleitor 2012 não acredita mais em quem faz discurso dizendo que fará projetos, fará planos e contratará quem faça um plano para governar a cidade. O povo (eleitor), reafirma que não tá nem aí para as famílias tradicionais, e que mesmo sendo oriundo de outras cidades e estados, tem seu direito garantido como cidadão e que em Itupeva, coronel não manda mais!!!! O olhar lívido e expressão aparvalhada dos que detiveram o poder por anos e anos, foi a maior demonstração de que sabe que viemos para promover as mudanças clamadas pela população. Evasivos, despreparados em pobres até mesmo no português discursado, deixaram evidente para os presentes, que não sabiam nem mesmo o que responder diante do questionamento do mediador, e saíram da câmara municipal sob o silêncio de seus apoiadores, militância e assessores, enquanto Ricardo Bocalon foi aplaudido e abraçado pelos seus ao deixar o espaço. Candidatos a vice, visivelmente transtornados com sua própria impotência diante do discurso descuidado de parceiro ao microfone, deram mostras de desânimo e se encolheram nas cadeiras sob as palavras certeiras, didáticas e coerentes de Ricardo Bocalon. O ar de Itupeva na noite de 21 de setembro de 2012, está mais leve, com perfume de futuro digno para seus cidadãos, com o movimento de renovação e sem o mal cheiro do continuísmo. Se um dia estive do lado errado da campanha por dias melhores para minha cidade, hoje me orgulho muito de fazer parte da legião de quem ouve o povo para compor um plano de governo por mais justiça social. Orgulho enorme de ser PT Itupeva. Orgulho de ter um candidato com espírito de liderança e justiça, com responsabilidade e que se enquadra perfeitamente na política dos tempos modernos. Orgulho ainda maior de dizer: meu candidato é Ricardo Bocalon, porque Itupeva já vem merecendo mais há anos, e agora terá tudo o que precisa para crescer com humanidade, justiça e respeito!

Fátima Ayache

sábado, 8 de setembro de 2012


ENTREVISTA EM QUE RICARDO BOCALON MOSTRA COM SIMPLICIDADE E SEM POMPAS, QUE TEM PLANO DE GOVERNO, QUE TEM METAS, QUE TEM CARISMA, QUE DESEJA VERDADEIRAS MUDANÇAS PARA ITUPEVA E QUE É O MAIS PREPARADO PARA O CARGO DE PREFEITO! VOTE 13 POR UM FUTURO PRÓSPERO PARA NOSSA CIDADE.



http://cloudcaster.tvredepaulista.com.br/video/161610--rp-noticia-1-edicao-07-de-setembro-de-2012

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Faltam poucos dias para a grande mudança, sonhada e desejada por todo o povo de Itupeva, que por longos anos vem amargando as más escolhas do passado. Pois agora, é dada a cada um de nós mais uma oportunidade de renovar, crescer, progredir e promover mais igualdade e justiça social.
Eu quero viver para ver Itupeva transformar-se e ser admirada por sua beleza, por sua gente cativante, por sua simplicidade de cidade pequena com orgulho de ser gigante. Quero estar aqui para caminhar livremente pelas ruas sem ver a violência que tomou conta de nossa Cascata Pequena, e novamente, ver as pessoas se cumprimentando nas ruas como faziam quando aqui cheguei, ha pouco mais de 12 anos. Itupeva é para mim o meu berço, pois para cá, eu vim por opção e fui acolhida com carinho pela população. São tantos rostos conhecidos que encontro todos os dias pelas ruas, nos quais já não vejo a alegria de outros tempos. Mas também, como esperar que uma gente que trabalha, paga impostos, sofre em filas de atendimento público, tenha ainda a disposição para sorrir?
Por acreditar em um futuro melhor, mais promissor e justo para cada uma dessas pessoas, estou apostando na mais radical de todas as mudanças. Quero ver saírem do poder os tais "de família tradicional", que pelo que percebi até então, são tradicionais em manter tudo como está, sem investir nada na cidade, sem respeito ao cidadão e sem vergonha nenhuma de dizer que nasceram aqui, mesmo tendo deixado a própria casa em total desordem, suja, largada e feia. Devereiam sim é sentir vergonha de se dizerem itupevenses, quando só mamaram nas fartas tetas enquanto governavam.
Tiveram 46 anos para fazer alguma coisa pela nossa cidade, mas não fizeram, porque para eles, só o próprio patrimônio tinha valor, renegando tudo e todos que não fossem das tais "famílias tradicionais". Hoje querem manter o poder em suas mãos, custe o que custar, mas eu sou mulher de fé e quero crer que há ainda um tempo para promovermos a transformação e tirarmos a cidade da apatia coronelista. Vou apostar em quem veio de fora, pois como eu, pelo visto, amam mais a cidade que os tradicionais paridos nessas terras. Itupeva merece mais? Não...Itupeva merece tudo o que ha de melhor, porque tem tudo para ser uma cidade modelo em qualidade de vida! Mas se o slogan é esse, então vamos dar a Itupeva o que ela precisa. Carinho e atenção, além de cuidarmos das pessoas que de fato trabalham por essa cidade. Eu vou votar em Ricardo Bocalon, porque seu plano de governo vem de encontro a tudo o que desejo para mim e para todos que aqui vivem. Votarei 13 sim, porque com o apoio do Governo Federal, Itupeva poderá ter o mais que merece.
Eu voto Ricardo Bocalon 13 para prefeito, e Osmar Tozi para vice!

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

DESPERTA ITUPEVA, OU AMARGAREMOS MAIS 4 ANOS DE DESCASO!

 
Conhece-se um homem, não por suas
palavras mas sim pelos exemplos que dá!
 
Esse é o candidato a prefeito da cidade de Itupeva, onde a questão da mobilidade
é um grande problema. Você pode imaginar-se caminhando por uma calçada dessas?
Pois o Candidato do PSD parece não se preocupar muito com quem tem dificuldades
de locomoção. Mobilidade, caro candidato, não é entupir a cidade com Vans para
resolver o problema de transporte publico, é pensar em quem anda a pé também!
Ciclovias, não são para quem gosta de andar de bicicleta, mas para quem não pode
ter um carro!
 

quinta-feira, 30 de agosto de 2012


Declaração de amor por Itupeva

Itupeva "Pequena Cascata", que embora poluída e abandonada, corre nas veias de quem em suas margens se deita. De suas matas vem o oxigênio que nos enche os pulmões e a alma, acalma e refaz. De seu céu, o mais belo que já vi, cintilam estrelas que cobrem o manto de azul incomum. De sua gente, simples e carente, o riso fácil de quem ignora a tristeza e segue arrastando seu fardo, no qual carrega também muitos sonhos. Somam perdas de seus bens carregados pelas enchentes, mas não desistem de ser itupevenses, brava gente brasileira! De suas ruas, largadas ao prazer das tempestades que arrancam seu negro cobertor de asfalto, mal e porco construído, as crateras se constroem de maneira absurda. De suas calçadas, nada mais se pode esperar, senão o trupicão que fatalmente nos levará ao hospital. Ôpa, eu disse hospital? Ironia, certamente, pois que saúde pode ter essa gente? Transportada feito gado, levada ao matadouro do descaso, sem remédio e sem esperança, mas segue o povo, que em um futuro melhor tem confiança. Ah... doce e gigante Itupeva, ainda haverás de ser aclamada como a princesa da vizinhança, cidade modelo de amor, progresso e justiça, onde o povo que te abraça, vindo de todos os lados, sofre os maus tratos impostos, por impostos injustificáveis.
Não tens teto para seus filhos, mas tens terras para o plantio, firme e forte agricultura, que de agro nada tem, e cultura, não tem também, pois que povo desinstruído, é mais fácil de ser conduzido. Assim pensam seus grileiros, poderosos fazendeiros, coronéis de eras modernas, que andam em carros importados, sem se importar com quem trabalha, para prover-lhes o pão, ou até limpar-lhes o chão. Coronéis do sertão Itupeva, que renasce a cada dia, com desprendimento e alegria na busca da renovação. Pois se renovar é preciso, prestemos muita atenção, nas escolhas que fazemos, na força que em nosso voto temos, é que está a decisão.
Ou continuamos vendo ao longe, o pregresso que desejamos, ou tiramos do poder, todo aquele que durante anos, mudou de mãos o poder, mas nunca nos estendeu a mão, nem nos deu o que comer.  É de nosso suor e labuta, que essa gente de má conduta, vem ficando cada vez mais abastada, enquanto o povo que trabalha, sofre na condução cara, suja, porca e abafada. Mas quem se importa, pois se coronel, na porta do lotação não passa pela catraca?
Coronel anda a cavalo, adubando o buraco do asfalto, fazendo nascer ali o mato, que serve de abundante pasto para o povo escaldado. Coronel vai a igreja, reza e acende vela, faz com Deus a comunhão, mas não tá nem aí, para quem pisa descalço o chão. Paga a hóstia consagrada, como quem paga pecado, e sai de nariz empinado para o pobre do pião, que trata de seus cavalos, em troca de um tostão.
Tá na hora dessa gente, mudar toda essa realidade, fazer de nossa cidade, lugar justo e de igualdade, onde quem planta a semente, tem direito de comer o pão com alegria e felicidade.

Manifesto aqui minha indignação, pois entendo que sua, minha e nossa Itupeva, merece mais, merece quem cuide de sua gente, merece ver a brotar a semente da verdadeira RENOVAÇÃO!

Por: Fátima Ayache
(Itupevense por opção)